GNV tem alta de 12% no primeiro semestre

Atualizado: 1 de Out de 2018

Consumo nos cinco postos da capital amazonense foi impulsionado pelo surgimento de novas categorias de serviço, de acordo com oficina convertedora.

#dicascigas #cigasnoticias

Em tempos de alta no preço da gasolina, o combustível mais econômico em Manaus surge como opção real na hora de abastecer o veículo. Reflexo disso é que, de janeiro a maio de 2018, o volume de gás natural veicular (GNV) distribuído em Manaus aumentou 12%. Nas oficinas convertedoras o aumento da procura parte de motoristas prestadores de serviço.


De acordo com o mecânico Wallace Silva, da oficina Expresso Car, bairro Betânia, a procura aumentou principalmente por conta dos motoristas de serviço via aplicativo. “Um vai falando para o outro, tem grupo de WhatsApp dos motoristas, então a informação de que o GNV é vantajoso se espalha. Também aumentou a procura para adaptação nos veículos particulares, por conta da gasolina”, explicou Silva, que estima alta de 100% no serviço em 2018.


Motorista Uber há nove meses, Ronaldo Mendes, 31, notou a diferença econômica do gás natural veicular em menos de uma semana após instalar o kit. “A gasolina está cara e a economia é na base de 40% a 50%. Gastava em torno de R$ 90 por dia de serviço. Hoje, gasto entre R$ 45 e R$ 50. Vai ser um rendimento a mais no fim do mês”, comemora Ronaldo.


Todo motorista interessado em converter o veículo deve procurar uma oficina credenciada pelo Inmetro, em seguida deve se dirigir ao Detran-AM para vistoria, pagamento de taxas e alteração do documento, a fim de obter as alterações no laudo de inspeção veicular do automóvel adaptado e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).


Em Manaus, cinco postos de combustíveis oferecem a opção do GNV: dois na Avenida Constantino Nery, dois na Torquato Tapajós e um na Avenida Coronel Teixeira, em frente ao Shopping Ponta Negra. “O número atual de postos atende à demanda pelo GNV. Esperamos que mais motoristas possam aderir ao combustível para surjam novos pontos na cidade com a opção do gás natural”, explicou o diretor técnico e comercial da Cigás, Clovis Correia Junior.