Cadeia do gás natural tem saldo positivo na arrecadação de ICMS

Os dados referem-se ao período de janeiro a novembro deste ano

Mesmo com os impactos na economia ocasionados pela pandemia da Covid-19, a cadeia de valor do gás natural, que possui a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) como um de seus atores no estado, registra saldo positivo na arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). O período de referência compreende os meses de janeiro a novembro de 2020.

A cadeia do gás natural, nos 11 primeiros meses do ano, arrecadou R$ 490 milhões de ICMS. Esse valor representa uma variação de 3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a arrecadação foi de R$ 476 milhões.

Nos últimos 10 anos, a cadeia do gás natural garantiu ao Estado em torno de R$ 3,6 bilhões, em valores corrigidos, de arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Esse montante arrecadado pelo segmento tem contribuído para o fortalecimento da gestão fiscal do Governo do Estado e para o aumento de sua capacidade de investimento em áreas como saúde, educação e segurança pública, com impacto na qualidade de vida da população.

“O gás natural de Urucu é um patrimônio da população amazonense e com uma década de operação comercial, a Cigás tem realizado investimentos, ao longo dos anos, com o intuito de garantir que o gás natural beneficie mais segmentos da sociedade, além de contribuir com a arrecadação tributária do Estado e a geração de emprego e renda”, destacou o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar.

Mais investimentos – Além do impacto significativo na arrecadação da cadeia de valor do seu ramo de atuação, a Companhia objetiva ampliar a parcela da população beneficiada com o produto.

Para tanto, prevê aplicação de recursos da ordem de R$ 37,8 milhões no próximo ano. Até 2019, a Cigás contabiliza investimento superior a R$ 550 milhões, em valores corrigidos.

Sobre a Cigás - Concessionária de serviços públicos, no Amazonas, que atua na distribuição e comercialização de gás natural para os mais diversos segmentos, a Companhia de Gás do Amazonas completou 10 anos de operação no estado, neste mês de dezembro.

Desde então, houve crescimento de 176% no volume médio de gás natural comercializado, pela Cigás, que ocupa a terceira posição no ranking nacional de volume de gás comercializado, conforme levantamento mais recente da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás).

Fotos: Acervo/Cigás e Secom

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás): Izabelly Costa (98427-3270) e Lisângela Costa (98114-8785)