top of page

Atividades lúdicas estimulam aprendizagem na"Escola de Compliance"

Segunda edição do projeto contou com a participação de alunos da Escola Estadual Raio de Sol




Aprender por meio de brincadeiras e jogos em um ambiente extraclasse é uma prática marcante. Essa experiência foi vivenciada por 40 alunos do 5º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Raio de Sol, localizada no bairro Nova Cidade (zona Norte de Manaus), nesta sexta-feira (28), durante a programação de encerramento do projeto Escola de Compliance, de iniciativa da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás). As atividades ocorreram na própria sede da concessionária de distribuição e comercialização de gás natural.

Coordenado pela Gerência de Governança, Riscos e Compliance (GEGRC) da Cigás, o projeto visa contribuir para a difusão da Cultura de Conformidade, cujo foco é a adoção de posturas e procedimentos alinhados a normas e boas práticas; estimular a reflexão sobre outros assuntos com impactos nas esferas social e ambiental, bem como propiciar a vivência de experiências inovadoras, como atividades extraclasse, lúdicas e de relação com a natureza.

Usando um tradicional jogo de tabuleiro, conhecido como trilha da integridade, os alunos, que foram distribuídos por equipes, puderam percorrer a rota estabelecida e assim, ao longo do trajeto, expor o nível de conhecimento sobre os assuntos, entre os quais, educação moral e ética, direitos da infância, respeito às diferenças, sustentabilidade e ainda, sobre o próprio gás natural, que foram abordados nas palestras do primeiro dia de programação.

Também houve atividade entre as equipes tendo como objetivo principal o reconhecimento e a destinação correta de resíduos. A programação também contou com a participação de membros do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), que fizeram exposição sobre os equipamentos e maquinários de uso da corporação, inclusive, com demonstrações.


Para a pedagoga da unidade educacional, Núbia Mota, esse tipo de vivência experimentada por meio do projeto Escola de Compliance é de extrema significância para a aprendizagem dos alunos. Ela destaca ainda o fato de que iniciativas como esta impactam positivamente em outros aspectos, como a criatividade, a imaginação e o próprio desenvolvimento do senso de responsabilidade das crianças.

O efeito do projeto já pode ser considerado um diferencial na jornada escolar das crianças. O relato do aluno João Miguel Costa comprova este fato. “Acho muito legal essas visitas fora da escola. É um jeito muito bom de aprender e hoje, aqui na Cigás, eu estou adquirindo conhecimento de uma forma diferente e muito divertida. Tô adorando!”, disse.

Além das atividades lúdicas, a experiência de realizar o plantio de mudas, após participar da palestra sobre cuidados com a natureza, foi outro grande aprendizado. “Aprendi que, quando a gente planta uma semente, a gente tá deixando um pouco da nossa história”, falou a aluna Aimê Valentina Dantas.

Laço forte com a comunidade

Gestor da Coordenadoria Distrital de Educação 06, que abrange a área da Cidade Nova e está vinculada à Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Augusto Cordeiro, relatou sobre a importância do projeto da Cigás por favorecer a aproximação com a comunidade. Segundo ele, também foi fundamental proporcionar novos conhecimentos aos alunos que, por sua vez, podem levar essas orientações para as suas famílias e a comunidade onde residem.

A diretora da unidade educacional, Déborah Rodrigues, destacou a proposta diferenciada do projeto. “Foi uma experiência incrível com as palestras, as dinâmicas, além das melhorias na área de recreação da escola”, comentou. Ela falou ainda sobre o entusiasmo dos alunos pela experiência em participar da Escola de Compliance, proporcionada por meio da parceria firmada pela Seduc, que foi desenvolvida com maestria.


Perspectivas

A gestora da área de Governança, Riscos e Compliance da Cigás, Larissa Cardoso, ressalta a importância de perceber, após a realização de cada edição do projeto, que os alunos agregaram para as suas vidas, de fato, o conhecimento compartilhado sobre temas relevantes para a sociedade. De acordo com ela, ainda neste ano, será realizada uma nova programação do projeto, porém, voltada ao público adulto e no ano que vem, a intenção é beneficiar outras escolas da rede pública de ensino.




Na opinião do diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, a Escola de Compliance só reforça a concepção da direção da Companhia a respeito da importância do Programa Cigás em Compliance, ao qual o projeto está vinculado, como ação do pilar “Comunicação e Treinamento”. “Esse trabalho vem sendo conduzido pela Gerência de Governança, Riscos e Compliance da Cigás de forma primorosa e nos faz perceber claramente o significado no que diz respeito às nossas responsabilidades nos campos governamental, social e ambiental”, concluiu.

댓글


bottom of page