Simulado aperfeiçoa ações de segurança com gás natural no Distrito


Edição de 2018 do Simulado ocorreu no Vieiralves e testou tempo resposta de órgãos

A simulação de um acidente com rede de gás natural irá testar a ação integrada entre Cigás, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e SAMU, na Rua Palmeira do Miriti, bairro Gilberto Mestrinho, a partir das 9h desta quarta-feira (6). Evento com objetivo de reforçar a segurança da rede de gás natural de Manaus é realizado anualmente desde 2011.


São nove anos de operações comerciais com gás canalizado na capital amazonense e, até então, não há registros de acidentes dessa natureza. A ação simulada serve para testar a resposta dos órgãos estaduais e municipais de segurança, que avaliam tempo de atendimento à ocorrência e alinhamento com os órgãos parceiros através do acionamento do Plano de Atendimento a Emergência (PAE), criado pela Cigás para sistematizar essas ações.


O cenário dessa oitava edição do exercício simulado é o Distrito Industrial II, onde a Companhia construiu recentemente um trecho de gasoduto para atendimento a indústrias na região. “É de total interesse da Companhia testar periodicamente uma ação conjunta com outros órgãos. Graças a iniciativas como essa, todos estão prontos para atuar em um acidente, que tem sido evitado com muito êxito”, informou o gerente de operações da Cigás, Flávio Fernandes.


Integram esta ação o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Manaustrans e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O evento também terá a participação da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).