top of page

Cigás reúne-se com representantes de órgãos para tratar sobre treinamento simulado de 2024

O objetivo é aperfeiçoar os procedimentos de segurança operacional e as práticas de prevenção adotados pela concessionária



Representantes de diversos órgãos das esferas estadual e municipal participaram da primeira reunião sobre o novo Simulado Externo de Emergência da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás). Previsto para acontecer no mês de agosto, o evento visa aperfeiçoar os procedimentos de segurança operacional e as práticas de prevenção adotadas pela concessionária, responsável pelos serviços públicos de distribuição e comercialização de gás natural.


Na ocasião, foram feitos os primeiros alinhamentos referentes ao evento. Um dos aspectos abordados foi o local definido para o simulado, que será no ramal Mauá, situado na avenida Autaz Mirim, bairro São José.

 

A escolha do local foi baseada em estudos de impacto de vizinhança e análise de risco da rede de distribuição de gás natural (RDGN), os quais abrangeram identificação, análise e avaliação dos potenciais riscos das instalações da Companhia a fim de testar a estrutura de respostas à emergência.

 

Também foi tratado sobre a demarcação do perímetro de segurança e o cenário a ser reconstituído para o simulado. O gerente da Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Cigás, Derjam Oliveira, que está à frente do setor responsável pelo treinamento, avaliou positivamente a reunião.

 

Segundo ele, foi importante analisar conjuntamente as oportunidades de melhoria em relação ao simulado anterior e compreender como cada órgão convidado a participar pode contribuir para que seja possível realizar o treinamento da maneira mais assertiva possível para a comunidade.

 

Ele destacou o alto nível de segurança do sistema de distribuição de gás natural, construído com base em rígidas normas de segurança, e afirmou que a realização deste tipo de exercício é importante para mostrar à sociedade o quanto é seguro trabalhar com gasodutos e ainda, integrar a atividade da Companhia a de outros órgãos.

 

 “Essa parceria é importante porque as atuações de todos os órgãos externos são inerentes à preservação da vida”, disse o gerente, salientando que a realização do simulado também atende a uma condicionante prevista na Licença de Operação da Companhia, concedida pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).

 

A representante do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM), sargento Aretha Gomes, ressaltou a iniciativa da Companhia. De acordo com ela, o Corpo de Bombeiros trabalha na área de prevenção e todos os simulados são bem-vindos porque o objetivo é testar o conhecimento e o efetivo operacional. “Ficamos lisonjeados quando o CBMAM é incluído como um dos principais órgãos a serem inseridos em um simulado com relação à questão de segurança, isso é muito importante”, afirmou.

 

Participaram da reunião representantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM), Polícia Militar (PMAM), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Defesa Civil Estadual e Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam).

 

Desde o início de sua operação comercial, em 2010, já foram realizados nove treinamentos desta natureza pela Companhia de Gás do Amazonas, os quais ocorreram anualmente, exceto durante o período de restrições decorrentes da pandemia.

 

A rede de distribuição de gás natural já atinge 293 quilômetros de extensão, por meio dos quais, a Cigás atende unidades consumidoras dos segmentos termelétrico, industrial, veicular, comercial, residencial e autogeração/liquefação.

 

Assessoria de Imprensa da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás): Izabelly Costa (98427-3270) e Lisângela Costa (98114-8785)

Comments


bottom of page