top of page

Consumo de gás natural na geração de energia elétrica registra alta

Combustível beneficia a capital e cidades do interior do Amazonas


Crédito: Ícaro Guimarães

Dados divulgados pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) apontam que a comercialização de gás natural (GN) atingiu, em setembro, o melhor desempenho mensal já registrado no ano. A demanda alcançou média de 5,3 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), variação de 17,3% em comparação com o mesmo período do ano passado, com média de 4,5 milhões de m³/d.

O destaque ficou por conta do fornecimento do combustível para uso na geração de energia elétrica. O segmento termelétrico consumiu média de 4,5 milhões de m³/d, aumento de 14,5% em relação a setembro de 2022 quando o volume registrado foi de 3,9 milhões de metros cúbicos diários.

“O gás natural fornecido pela Cigás é usado na geração de grande parte da energia elétrica utilizada para abastecimento de Manaus e também dos municípios de Anamã, Anori, Caapiranga, Coari e Codajás, por essa razão, é combustível estratégico para a matriz energética, além de ser fonte de energia muito mais limpa em relação aos demais combustíveis fósseis”, afirma o diretor técnico-comercial da concessionária, Clovis Correia Junior.

O segmento industrial alcançou a segunda melhor marca de comercialização mensal deste ano, em setembro. Foram 183,7 mil m³/d (média) do combustível destinados a mais de 60 empresas dos segmentos eletroeletrônico, duas rodas, papel e papelão, químico, bebidas, mecânico e metalúrgico. Na indústria, o gás natural chega a representar economia em torno de 55% em comparação com outros combustíveis, segundo levantamento de dados feito, de 15 a 21 de outubro, pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O fornecimento do combustível para os postos de comercialização de gás natural veicular (GNV) atingiu média de 26,8 mil metros cúbicos por dia no referido mês. Atualmente, são seis os pontos de venda de GNV em Manaus. Em breve, dois novos postos começarão a funcionar. Um deles na avenida Cosme Ferreira, no bairro Coroado, zona leste de Manaus, sendo o primeiro localizado nesta região da cidade a comercializar o gás natural veicular. O outro está situado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, ampliando para dois os pontos de abastecimento do combustível na zona norte de Manaus.

Segmentos residencial e comercial


Os segmentos comercial e residencial continuam a representar importantes atores no cenário de expansão do uso do GN no Amazonas. Em setembro, usuários do segmento comercial responderam juntos pelo consumo de 5,3 mil metros cúbicos por dia. Neste segmento, a Cigás fornece o combustível para shoppings, lavanderias, restaurantes, lanchonetes, supermercados, hotéis e ainda, para o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz.

Já as unidades consumidoras residenciais, interligadas à rede de distribuição de gás natural (RDGN), demandaram em setembro média de 2,8 mil metros cúbicos diários do GN. No mesmo período do ano passado, a demanda foi de 1,6 mil m³/d - aumento de 75,5%.

Segundo o diretor-presidente da Companhia, Heraldo Câmara, os crescentes resultados alcançados pela Cigás, em termos de volume comercializado, refletem os investimentos robustos efetuados pela Companhia na ampliação do sistema de distribuição de gás natural no Amazonas. Até 2027, a Cigás planeja investir R$ 282 milhões em obras de expansão da rede de gás natural.

Benefícios de uso do gás natural


A utilização do gás natural proporciona uma série de benefícios aos usuários. A economia em comparação com outros combustíveis é um deles. Além disso, tem-se o fornecimento contínuo feito por meio de rede de gasoduto subterrânea, a maior segurança e o pagamento pós-consumo.

Outro benefício é o ambiental. A adesão ao GN, em Manaus, representou redução de 73% na poluição provocada pela queima de combustíveis líquidos e de 55% na emissão de gases de efeito estufa (metano e dióxido de carbono). Esses dados foram comprovados por meio de pesquisa produzida, há alguns anos, pela Green Ocean Amazon.

Deve-se destacar ainda que a cadeia do gás natural tem sido mola propulsora para o desenvolvimento socioeconômico do Amazonas por meio da arrecadação de tributos estaduais. Este recurso pode ser utilizado em áreas prioritárias, como Educação, Saúde e Segurança.

Visita técnica


A Cigás dispõe de equipe especializada para realização de visita técnica com o objetivo de esclarecer sobre as qualidades e benefícios do gás natural, bem como realizar levantamento de dados, avaliar infraestrutura e apresentar soluções adequadas às necessidades específicas de cada demandante. Basta entrar em contato pelo (92) 98434-5286 (aplicativo de mensagem).



Assessoria de Comunicação da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás): Lisângela Costa (98114-8785)/comunicacao@cigas-am.com.br


bottom of page