top of page

Governo do Estado atua no crescimento da rede de abastecimento de GNV

Agora, são seis os pontos de abastecimento e outros dois passarão a funcionar em breve

O Governo do Estado, por meio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), está atuando na ampliação da rede de abastecimento de gás natural veicular (GNV). Mais um novo posto iniciou operação com o combustível, recentemente, ampliando para seis os pontos de abastecimento de GNV em Manaus.

“Essa ação faz parte da estratégia do Executivo estadual de garantir melhores condições aos motoristas que utilizam o gás natural veicular, que tem um menor custo em relação a outros combustíveis, contribuindo dessa forma para fomentar a cadeia do gás natural no Amazonas”, afirma o diretor-presidente da Cigás, René Levy Aguiar, ressaltando que a Companhia vem atuando em consonância com o estabelecido pelo Governo do Estado no Plano de Diretrizes e Estratégias para o Desenvolvimento Econômico Sustentável do Amazonas.

Localizado na avenida Mário Ypiranga (zona centro-sul de Manaus), o posto tem capacidade para atender em torno de mil veículos por dia, localizado em um ponto que possibilita a interligação de motoristas a diferentes zonas da cidade.

Ainda neste ano, a Companhia de Gás do Amazonas iniciará o fornecimento de GNV a dois outros postos de combustíveis, que estão em fase de preparação da infraestrutura interna. Porém, já se encontram interligados à rede de distribuição de gás natural (RDGN), que atualmente opera com 252 quilômetros de extensão. Um deles funcionará na avenida Cosme Ferreira, no bairro Coroado (zona leste). O outro está localizado na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova (zona norte).


O diretor técnico-comercial da Companhia, Clovis Correia Junior, explica que a Cigás tem cumprido o seu papel de prospectar empreendedores interessados em investir em novos postos de abastecimento de GNV. Ele também salienta que é preciso uma demanda favorável e, em razão disso, a Companhia tem promovido campanhas de incentivo à conversão de veículos para o aumento da frota de carros adaptada ao uso de GNV.


Vantagens do GNV

Desde a sua implantação, no Amazonas, o gás natural veicular tem sido uma alternativa mais econômica em comparação com combustíveis líquidos (gasolina e etanol). Estudo da Cigás baseado na análise das variáveis preço e rendimento, feito a partir de levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), referente ao período de 18 a 24 de junho, indica que os motoristas amazonenses que rodam com GNV chegam a economizar 46% em relação à gasolina e 49% no comparativo com o etanol

Outro aspecto que deve ser considerado é o ambiental, em razão de que o gás natural é o combustível fóssil menos poluente. O GNV também prolonga a vida útil do veículo porque não queima o óleo e nem produz impurezas no motor.

Soma-se a isso, a questão da maior autonomia, o que significa que os carros conseguem se deslocar mais, consumindo menos gás natural veicular. Nesse sentido, usando um metro cúbico de GNV o motorista pode se deslocar até 11 quilômetros com o seu veículo, enquanto que, com um litro de gasolina, faz dez quilômetros e com um litro de etanol, percorre sete quilômetros.


Assessoria de Comunicação da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás): Lisângela Costa (98114-8785)/comunicacao@cigas-am.com.br

Kommentare


bottom of page