top of page

Primeiro posto com GNV da zona leste passa a operar

Arthur Castro/Secom



O Governo do Estado, por meio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), realizou, na manhã desta terça-feira (19/03), o acompanhamento da operação do primeiro posto de abastecimento de GNV da zona leste da cidade, localizado na avenida Cosme Ferreira. Com o novo posto, a capital amazonense também passa a contar com postos de fornecimento de gás natural veicular em todas as zonas.


O início da operação do novo posto está inserido no conjunto de ações do Governo do Amazonas para contribuir no crescimento do mercado local de GNV, a fim de atender à crescente frota de veículos convertidos.


Um estudo da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizada de 11 a 17 de fevereiro de 2024, apontou que a economia proporcionada pelo GNV pode chegar até a 33% se comparado à gasolina. Em relação ao etanol, a diferença também é de 33% nos postos de combustíveis da capital amazonense, representando ainda mais economia para os seus usuários.


Para o representante da diretoria técnico-comercial da Cigás, Frederico Paixão, o GNV

tem sido extremamente vantajoso no mercado local e isso contribui tanto para os motoristas amazonenses ampliarem a renda mensal quanto para as empresas que decidem converter suas frotas e reduzir custos. A previsão é de mais investimentos nos próximos anos.


“A política de investimento da companhia para os próximos cinco anos prevê a expansão da rede de distribuição em mais 160 quilômetros e um investimento de R$ 360 milhões, visando estimular mais ainda o consumo de GNV no Amazonas”, destacou o diretor técnico-comercial, da Cigás.


O representante legal do novo posto que passou a oferecer a operação do GNV, John Esteves, pontuou sobre as vantagens com a oferta do novo combustível. “Nós tivemos uma grata surpresa ao perceber que investir no GNV era um bom negócio, não só para a nossa empresa, mas também para os clientes. Acreditamos que a tendência é a demanda aumentar e a economia também”, disse.


Com o uso do GNV, quem mais sente a economia no bolso é o consumidor. O motorista de aplicativo, Ivaldo Pereira, fez a conversão em dezembro de 2023. Antes, chegava a gastar R$ 150 por dia com gasolina. Com a mudança para o gás natural veicular, gasta apenas R$ 90 para rodar com o carro o dia todo.

“Hoje, eu tenho uma economia grande por dia e por mês chega até a R$ 3 mil. O processo foi muito rápido. Fiz a conversão, tive meu benefício e recomendo que as pessoas façam o mesmo. Faça a conta e use GNV, porque você vai ter a economia e o incentivo do Governo”, falou o motorista de aplicativo, Ivaldo Pereira.



Campanha “Faça a Conta. Use GNV!”



Motorista de aplicativo e beneficiado da campanha Faça a Conta. Use GNV!, Ivaldo Martins


Os principais critérios para participar da campanha são: carros de passeios convertidos para utilização de GNV, desde que a conversão seja realizada dentro do período de vigência da campanha, podendo ser kit original de fábrica ou requalificado conforme critérios do Inmetro, ou veículos com kit GNV original de fábrica que tenha sido adquirido durante a vigência da campanha. Assim como utilização do kit de 5ª geração ou superior e apresentação da documentação do veículo convertido totalmente regularizado.

Com o objetivo de favorecer o atendimento ao público, a Cigás disponibiliza, no horário das 8h às 17h, os seguintes canais de atendimento para esclarecimentos sobre a campanha: o e-mail usegnv@cigás-am.com.br e o aplicativo de mensagem WhatsApp pelo telefone 98420-7876.




Kommentare


bottom of page